,

Ana Paula do BBB: a divisora de opiniões

“Se você odeia alguém, é porque odeia alguma coisa nele que faz parte de você. O que não faz parte de nós não nos perturba” – Hermann Hesse

Desde que falou que era “machista”, a participante do Big Brother Brasil 16 (TV Globo), Ana Paula Renault, vem dividindo opiniões em todo o Brasil. Responsável por manter o Ibope do programa nas alturas, a mineira e jornalista, eliminou mais um concorrente no “Paredão” realizado na última terça-feira, dia 23. Desta vez, sua “vítima” foi Juliana, que é dançarina do Leonardo. É isso, né? Procede, produção?

Pois bem. Ana Paula é daquele tipo de pessoa que não tem papas na língua. Fala o que quer, quando quer e a hora que quer. Assim, meio sem filtro e meio perturbadora. Confesso que quando li sobre sua declaração a respeito do machismo, fiquei completamente indignado, revoltado… Pensei: “Ué, como uma mulher de 34 anos, solteira, jornalista é capaz de faz tal declaração? Como, me expliquem?”.

A partir disso, deixei Ana Paula para lá e só voltei a prestar atenção na moça, quando houve a grande confusão envolvendo outro participante, o Laércio. Ali, naquele momento da discussão, a sister passa a ser feminista, talvez sem saber. Ali, quando exigiu que o participante parasse de olhar com desejo para ela e sua amiga, quando trouxe à tona o assunto do abuso sexual de menores, tendo em vista que Laércio assumiu ficar com meninas de 17 anos, salve o engano, ali ela passou a ganhar o povo brasileiro. Ah, e para quem não sabe, houve pedido de desculpas entre os dois, belê?

Porém, Ana não é unanimidade. Boa parte da população também não aprova o seu jeito… sincero demais de ser. Como diria Nelson Rodrigues: “Toda unanimidade é burra”. Ainda bem que ela não o é. E para justificar a sua rejeição por parte do educados e cheios de estrutura emocional que o nosso país passou a ter nos últimos meses, me apropriei da frase do alemão Hermann Hesse, no início do texto.

ana2

A única que foi solidária ao Ronan, após a trama criada por Daniel-good vibes-falso

É bem complicado admitirmos que somos um pouco da Ana Paula. Na verdade, até aceitarmos que somos bem parecidos com ela no cotidiano é como se estivéssemos vivendo as cinco fases do luto, neste caso somente quatro. “Credo, Bruno, nada a ver!”. Tudo ver! Vamos por partes. A primeira fase é a negação, quando prestamos atenção no jeito grosseiro da sister, nossa reação é não aceitá-la. Em um segundo momento, passamos para a raiva. Ficamos irritados por ela continuar no programa e falar tudo o que pensa. Já na fase da barganha, pensamos em dar uma nova chance para ela se redimir de todas as atitudes que juramos serem absurdas. E, por fim, chegamos na aceitação.

Começamos a olhar para a participante com menos raiva, aceitamos que em muitos momentos e atitudes parecemos com ela e que, nem tudo aquilo que falam é verdade. Ana foi a única que deu atenção ao Ronan quando todos, EU DISSE TODOS, da casa o excluíram. Tenta de todas as formas preservar Munik, exige que as pessoas sejam verdadeiras umas com as outras, briga por aquilo que acredita, não aceita ofensa e, por fim, é boa como muitos de nós brasileiros.

Ela exagera muitas vezes? Sim. É grosseira muitas vezes? Sim. Age de forma insana muitas vezes? Sim. E quem não age? Eu pelo menos não posso reprovar NUNCA o comportamento dela. Tenho um pouco de Ana Paula.

Se não aceitar pessoas “good vibes”, mas que por trás estão tramando golpes, pessoas falsas, pessoas que vivem de fofoca, que se julgam superiores é errado, eu quero ser bem errado. Afinal de contas, quem que gosta disso? Acredito que ninguém. Portanto, se mesmo depois de todo esse post vocês continuarem odiando e reprovando o comportamento de Ana Paula, bem, só resta informá-los que: OLHA EEEEEEEEEELA!

E parem, por favor, de ficar comparando os votos do BBB com os votos para cargos públicos brasileiros. Não tá  tranquilo, não tá favorável. Aliás, tá bem estranho, inclusive… Até!

ana3

OLHA EEEEEEEEEELAAAAAA!

5 respostas
  1. Jacy Braga
    Jacy Braga says:

    Concordo plenamente. Nunca a neguei. De cara bateu. A aquariana aqui sabe bem o preço de ser o q se escolher ser, falar e viver.

Deixe uma Resposta

Quer entrar no debate?
Fique à vontade para contribuir respeitosamente com o bate papo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.