, ,

Obra de Moliére no palco do Teatro Amazonas

Não é todos os dias, ou melhor, todos os finais de semana que temos a oportunidade de conferir, no palco do Teatro Amazonas, um espetáculo do grupo paulistano Parlapatões. Com mais de 20 anos de estrada, a companhia desembarca em Manaus para uma curta temporada da montagem “O Burguês Fidalgo”, do majestoso dramaturgo francês Moliére, por meio do projeto “Vivo EnCena”. As apresentações acontecerão sexta-feira (24) e sábado (25), às 20h e domingo (26), às 19h, com classificação para 16 anos. Portanto, já sabe.

Com tradução e adaptação de Adonis Comelato, Hugo Possolo e Rafael Fanganiello, a comédia mostra Sr. Jordain, um homem que enriquece, mas não possui títulos de nobreza ou qualquer tipo de bons modos. Coincidência com o mundo atual, não? Corta! Para resolver seu problema, ele contrata professores para deixá-lo mais… sofisticado, por assim dizer. Mas o que todos querem, na verdade, é tirar proveito de sua fortuna. Porém, a única que percebe tais feitos é sua mulher, a Sra. Jordain.

1453552_604173426285484_426906961_n

O figurino leva assinatura de Cássio Brasil

Em paralelo, o jovem Cléonte quer casar com a filha de Jordain, Lucile, mas o pai quer que a filha se case com um fidalgo. As confusões se sucedem até que o criado de Cléonte, Coville, arma uma grande farsa para enganar o burguês Jordain. Tudo isso com figurino de Cássio Brasil e direção musical de Pedro Vilhena.

A montagem, que já passou por Minas Gerais, Goiás, Espírito Santo e Campos do Jordão, interior de São Paulo, encerra a sua turnê, dentro do “Vivo EnCena”, com essa curta temporada em Manaus. Um detalhe importante: após a sessão de sábado, haverá um bate-papo com a participação do ator e diretor do espetáculo Hugo Possolo, do ator e parlapatão Raul Barretto e do curador do projeto Expedito Araújo.

jana 1Música e comédia marcam o espetáculo “O Burguês Fidalgo”

Além de Hugo Possolo Raul Barretto, o elenco conta com Fabek Capreri, Alexandre Bamba, Lívia Camargo, Fernando Fecchio, João Paulo Bienemann, Fani Feldman e Débora Veneziani. Tá bom ou querem mais?

E se você não conhece o trabalho do Parlapatões, dá um procurada na trajetória do grupo teatral. Vale a pena! Ah, ia esquecendo, os ingressos estão sendo vendidos na bilheteria do teatro ou por meio do www.bestseat.com.br, ao preço R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Uma ótima pedida para quem não vai ao Festival Folclórico de Parintins. Corre logo!

 

 

0 respostas

Deixe uma Resposta

Quer entrar no debate?
Fique à vontade para contribuir respeitosamente com o bate papo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.